Tabelionato de Notas e de Protesto de Brodowski promove palestras em escola estadual

Alunos do Ensino Médio puderam saber mais sobre algumas profissões

O Tabelionato de Notas e de Protesto da Comarca de Brodowski, no interior de São Paulo, promoveu uma série de cinco palestras sobre profissões na Escola Estadual Coronel José Aleixo da Silva Passos, que fica no bairro Vila Nossa Senhora Aparecida. Ao todo, cerca de 100 alunos do Ensino Médio puderam aprender mais sobre diversos assuntos relativos à vida profissional.

A tabeliã Daniella Moura Steuble Costa Maia fez a abertura e encerramento das palestras, que tiveram o objetivo de contribuir e fornecer informações que auxiliem os adolescentes na hora de escolher a profissão que exercerão no futuro.

“A experiência foi muito enriquecedora. A integração com os alunos foi importante para entendermos melhor sua realidade e, principalmente, as suas necessidades. Com as palestras nas áreas de humanas, exatas e biológicas foi possível mostrar a eles as diferenças entre as profissões e um pouco da experiência prática de cada palestrante”, afirma a tabeliã, que acompanhou toda a estruturação e andamento das palestras.

Os temas apresentados aos alunos foram sobre o funcionamento dos cartórios, engenharia e as ciências exatas, a atuação de um farmacêutico e sobre as habilitações de um biólogo. Na última explanação, os alunos aprenderam como elaborar um currículo corretamente e como se apresentar em uma entrevista de emprego.

“Para mim, esse projeto tem uma importância muito grande, principalmente no aspecto social. Ele possibilita a integração da escola com os cartórios, trazendo benefícios para todos. Nós procuramos ajudar a escola a enriquecer a experiência dos alunos, bem como suprir as suas carências. Por meio desse projeto, as escolas podem receber ajuda que precisam na busca de propiciar um ensino melhor aos alunos, tanto no aspecto das instalações quanto da vida acadêmica”, finaliza a tabeliã.

 

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Cerca de 170 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da ANOREG/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.