Projeto Adoção Afetiva conquista prêmio ouro da Rede Ambiental e de Responsabilidade Social

Lançado no dia 30 de novembro de 2017, o projeto “Adoção Afetiva” conta hoje com cerca de 170 cartórios voluntários de diferentes municípios paulistas

Ações que vão desde a pintura e reforma de escolas a palestras socioeducativas levaram a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg/SP) – entidade responsável pelo Projeto Adoção Afetiva – a conquistar o prêmio ouro da Rede Ambiental e de Responsabilidade Social dos Notários e Registradores (RARES-NR) durante o XX Congresso Brasileiro de Direito Notarial e de Registro, que aconteceu na capital paulista, entre os dias 12 e 14 de novembro.

Construído com uma concepção pioneira no Brasil e lançado no dia 30 de novembro de 2017, o projeto foi idealizado pelo ex-secretário da Educação do Estado de São Paulo José Renato Nalini e elaborado pela Anoreg/SP e pela Secretaria da Educação, com o apoio das demais associações representativas da atividade extrajudicial e do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP).

“A iniciativa foi trabalhada pela assessoria de comunicação da Anoreg/SP e alcançamos 170 cartórios no Estado que desenvolveram trabalhos socioambientais em escolas da comunidade e nas respectivas regiões”, explicou José Rama, gerente executivo da entidade.

Além das ações citadas, os cartórios paulistas já promoveram a contratação de professores, estágio para os alunos, apoio pedagógico, aulas de reforço, oficinas educativas e atividades culturais, esportivas e recreativas.

Sobre o Rares-NR

A “Rede Ambiental e de Responsabilidade Social dos Notários e Registradores” (Rares-NR) é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP qualificada pelo Ministério da Justiça desde 2004. É uma organização não governamental, sem fins lucrativos e que existe através de doações espontâneas de membros associados.

Ao longo de sua existência já atuou em parcerias com o Ministério de Trabalho e Previdência Social, Projeto Rondon, dentre outros; além disto, já realizou diversas campanhas de arrecadação de alimentos e mantimentos para doação à abrigos e creches.

Por meio da atuação da Rares-NR, as iniciativas de milhares de notários e registradores brasileiros, de qualquer lugar do país, estão registradas. Estas contribuições saem de uma cidade ou de um estado para serem divulgada em todo País, e cada cartório funciona como um posto de atendimento.

A Rares-NR tem como objetivo contribuir em prol da responsabilidade social e ambiental da classe notarial e de registro.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.