Cartório de Sertãozinho contrata professoras para Escola Estadual da Cidade

As educadoras darão aulas de reforço nas disciplinas de matemática e português 

 

O 1º Tabelião de Notas e Protesto de Letras e Títulos de Sertãozinho está promovendo aulas de reforço para os alunos da Escola Estadual Dr. Isaias José Ferreira, localizada no distrito de Cruz das Posses, município de Sertãozinho. As professoras contratadas pelo cartório dão aulas nas matérias de matemática e língua portuguesa. “Contratamos duas professoras das referidas matérias, as quais, em dias alternados, estão ministrando duas aulas semanais de matemática e duas aulas semanais de língua portuguesa, completando oito aulas mensais em cada disciplina”, explica o tabelião, João Batista da Costa.

Para o titular, integrar o projeto Adoção Afetiva, é uma oportunidade de participar ativamente de atividades que visam atender um segmento carente da sociedade. “A motivação veio por alguns fatores, dentre os quais, a origem do projeto através da ANOREG/SP e nossas demais associações, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) e a Secretaria da Educação, além disso, a maneira bem estruturada do projeto e de forma direcionada, o que permite ao participante segurança de uma ação com certeza de sucesso, em todos os aspectos, inclusive sociais”.

A diretora, Maria Ângela Moscardin Carleti, atuante no cargo há 5 meses, revelou a emoção que o corpo docente recebeu a notícia que a unidade foi selecionada para participar do Projeto. “Nós da escola ficamos muito contente ao receber a notícia, pois a escola naquele momento passava por mudanças na gestão e na parte pedagógica, assumindo o compromisso de melhorar os índices da escola. E o projeto veio ao encontro das nossas expectativas”, disse.

Dentre as futuras ações acordadas entre a escola Dr. Isaias José Ferreira e o cartório de Sertãozinho estão a reforma de mesas e bancos. Costa já providenciou com uma empresa local a fabricação de três jogos. Uma outra atividade disponibilizada pela serventia é a participação em eventos a serem definidos, no sentido de levar informações dos serviços notariais aos alunos e seus familiares. Se a escola tiver necessidade de palestras nas áreas jurídica, saúde ou qualquer outra, o cartório buscará o respectivo profissional.

Finalizando, a diretora Carleti destacou o que significa a parceria para os alunos. “O projeto Adoção Afetiva está proporcionando uma série de benefícios, além de estimular a criatividade e novos conhecimentos, garantindo melhorias no desenvolvimento dos estudantes”.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa da ANOREG/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.