Cartório de Olímpia promove ação do projeto Adoção Afetiva em escola estadual da cidade

Foram realizadas ações como: teste vocacional, exame médico e orientação jurídica para os estudantes

O Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições e Tutelas de Olímpia realizou, no dia 07.04, sua primeira ação dentro do projeto Adoção Afetiva. O cartório promoveu na Escola Estadual Dona Anita Costa, localizada na avenida Deputado Waldemar Lopes Ferraz, 1131 – Centro, ações em benefício de toda comunidade escolar.

A iniciativa ganhou o apoio de entidades da região como a Faculdade de Direito de Olímpia, o laboratório clínico São Mateus, a Seccional Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) local, além de auxílio de alguns empresários. “A OAB disponibilizou cinco bancas de orientação jurídica e encaminhamento para assistência judiciária gratuita. O Laboratório disponibilizou atendimento gratuito de orientação de cuidados com a saúde, além de fazer dosagem de glicose e aferição de pressão arterial. Ainda foi firmada parceria com a empresa Natura Citrus, que forneceu gratuitamente sucos para todos os presentes”, relatou o registrador Robson Passos Caires.

Para o cartório de Olímpia, participar do projeto Adoção Afetiva, é uma oportunidade de ajudar a melhorar a realidade de todos. “Os cartórios gozam de grande reconhecimento de toda a sociedade e têm facilidade de promover interfaces entre a escola, a sociedade civil e empresariado, com a finalidade de canalizar esforços em favor da escola. Além disso, como operadores do direito, nós oficiais podemos orientar os alunos e as famílias, promovendo a construção de uma realidade com mais segurança jurídica”, afirmou.

A diretora, Gleiser Cristina Antoniassi Caron, atuante no cargo desde 2016, revelou sua emoção ao saber que a escola tinha sido selecionada para integrar o projeto. “A escola sentiu-se extremamente honrada e feliz por termos sido escolhidos para participar desse projeto, que para nós representa uma grande ajuda da comunidade através de parcerias, ações que irão fortalecer o elo entre escola e comunidade, além de atuar na construção de uma cidadania atuante para os nossos alunos”, disse.

O cartório conseguiu o apoio da empresa Natos, empreendedora imobiliária da cidade, que se comprometeu a fornecer material e mão de obra para recuperação e revitalização de alguns espaços do prédio da escola.

“Os familiares e alunos da escola abraçaram este projeto com o mesmo carinho e entusiasmo que a equipe escolar. E estão muitos ansiosos com as ações que estão por vir”, finalizou Gleiser.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa ANOREG/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.