Cartório de Barueri restaura telhado, muro e instalação hidráulica de escola estadual

Além da reforma, a serventia realizou uma limpeza da área verde da escola

Registro Civil e Tabelionato de Notas do Jardim Belval promoveu uma série de reformas na Escola Estadual Professor José Wilson Padinha, localizada no mesmo bairro de Barueri (SP), no âmbito do Projeto Adoção Afetiva. Dentre as intervenções realizadas no local, estão a restauração do telhado, do muro e a canalização das águas pluviais.

“Quando conversei com a direção da escola, eles me relataram problemas de goteiras em várias salas de aula, em virtude de entupimento de calhas, telhas quebradas, deslocadas e cobertas de folhas, devido às grandes árvores que circundam o prédio”, explica o titular do cartório, Antônio Maurício da Cruz.

A equipe contratada pelo cartório trocou as telhas e fez a limpeza das calhas. Também ocorreram outras ações, como a poda das árvores que fazem parte das dependências da escola. “Cortamos o mato próximo ao muro e recolhemos o lixo que havia no local”, explica ainda.

De acordo com o Cruz, o motivo da reforma do muro externo é porque o mesmo corria risco de desabar. “O muro estava com grandes e antigas rachaduras, constituindo risco à integridade física de alunos e dos pedestres que passam pela calçada. Incompreensivelmente, na construção do prédio não foi feita toda a canalização de águas pluviais, que inundavam parte do terreno junto às paredes, colocando em risco até as fundações do antigo prédio”, adicionou.

O registrador destacou que, mesmo com os problemas, a escola é bem administrada, limpa e bem instalada. Para o vice-diretor da unidade, Wilson Kaoru Sukoshima, ter a escola adotada pelo Cartório de Barueri foi “uma grande satisfação, já que proporcionou para os alunos estudar em um espaço mais agradável e apropriado”.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.