2º Tabelião de Notas da Capital faz doação de bicicleta para escola pública

Reforma no sistema hidráulico e doações de materiais também fazem parte das ações

2º Tabelião de Notas da Capital doou para a Escola Estadual Arthur Guimarães, localizada no centro de São Paulo, uma bicicleta para ser rifada na festa junina da escola, ocorrida no dia 09.06, em mais uma ação que integra o projeto Adoção Afetiva.

O cartório, que fica localizado no bairro da República, tem uma forte atuação social, como conta o tabelião Anderson Teixeira Nogueira. “Já promovemos campanhas do agasalho, arrecadação de brinquedos para crianças, visita aos hospitais, campanhas ambientais, dentre outras ajudas à comunidade local”, destaca. Para todos da serventia, participar do projeto significa contribuir para a melhorar a educação do Estado de São Paulo.

Para a diretora de ensino, Marcia Natalia Mota Mello, essa parceria com o cartório é muito importante, já que a serventia está ajudando na solução de diversos problemas do cotidiano, como na reforma no sistema hidráulico. “Com a doação da bicicleta, fizemos uma rifa entre os alunos. O dinheiro arrecadado será revertido para a realização da festa do Dia das Crianças”, informa ainda Mello.


Diretora Marcia Natalia Mota Mello

Elaine Cristine Ribeiro Sampaio, mãe do aluno que ganhou o prêmio principal, falou sobre a importância do Projeto. “A iniciativa ajuda não só a escola, mas também toda a comunidade”, enfatizou.

Além dessa doação, o 2º Tabelião de Notas está realizando pequenos reparos, como ajustes no encanamento dos banheiros, melhorias na sala de leitura e reforma dos bebedouros. O cartório também já doou dicionários, resmas de papel A4, pastas, canetas, entre outros materiais.

“Entendo que os cartórios possuem grande função social, a qual já desenvolvem no seu dia a dia de trabalho, garantindo segurança jurídica e promovendo a paz na sociedade. Esta virtude dos cartórios torna ainda mais coerente a participação dos mesmos em projetos como o da Adoção Afetiva, pois é próprio da atividade notarial ajudar a sociedade e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirmou Nogueira. Em relação à iniciativa, o tabelião acredita que irá beneficiar a sociedade como um todo.

Projeto Adoção Afetiva

A responsabilidade pela educação é de todos. Com esta afirmação, a Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (ANOREG/SP) e a Secretaria da Educação instituíram o Projeto Adoção Afetiva, que visa contribuir para a melhoria das condições da educação paulista, cujas iniciativas vão desde a manutenção escolar até atividades socioeducativas para alunos de toda a rede estadual.

Ao todo, 169 cartórios de diferentes municípios paulistas se candidataram voluntariamente para integrar o projeto, recebendo a indicação formal da Secretaria da Educação do Estado de qual escola adotar em seu município.

Acesse www.adocaoafetivasp.com.br e conheça um pouco mais do projeto que beneficiará diversas crianças em diferentes municípios do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Anoreg/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.